terça-feira, 15 de maio de 2018

Xadrez Alagoano Faz Bonito em Sergipe

Matéria escrita por Ornan Filipe, exímio enxadrista  e participante da delegação alagoana, do Campeão do Torneio, o Arapiraquense Alexsandro Barros e do Maceioense Jayme Miranda, terceiro.

Ao Centro o Jovem Alexsandro Barros, campeão do evento, a esqueda (do leitor) o baiano Mário Fiães, a direita (do leitor) Jayme Miranda, terceiro lugar. 

A equipe alagoana de xadrez que esteve presente no sábado, dia 12 de maio de 2018, na capital sergipana, para jogar o II Memorial Professor Mário Roberto, fez bonito. Dos dez primeiros colocados no torneio, nada menos do que cinco enxadristas eram de clubes de xadrez alagoanos, incluindo aí o grande campeão, o arapiraquense Alexsandro Barros de Lima, e o terceiro colocado, o maceioense CM Jayme Miranda.

Destaque especial merece o Clube Arapiraquense de Xadrez (CAXA) que mandou um trio de atletas (Alexsando, Jonathas e Ornan), estando esses três exatamente entre os cinco citados anteriormente, com destaque, como já dito, ao campeão do torneio, o mestre LBX Alexsandro Lima. Também, nas 6ª e 7ª colocações, respectivamente, os enxadristas Ornan Filipe e Jonathas Magalhães. Esse belo resultado, em terras não alagoanas mostra que o CAXA é, de fato, um importante representante e incentivador do xadrez no interior de nosso Estado e grande referencial do xadrez alagoano. Fica aqui, portanto, o nosso grande apreço por todos os que formam essa verdadeira família.



O evento (aberto) contou com a participação de 66 enxadristas de diversos estados do país, sendo disputado no ritmo rápido (10’+5’’) e em oito rodadas. Foi arbitrado pelo AN CBX Carlos Viana, que conduziu com bastante equilíbrio e parcimônia o evento, cumprindo os horários previstos na programação. O jovem mestre Alexsandro venceu brilhantemente o torneio, de modo invicto (foi o único invicto), com 7,0 pontos nos oito possíveis. A pontuação dos demais representantes de Alagoas foram CM Jayme Miranda 6,5 pontos, Ornan Filipe 6,0 pontos, José Ferreira 5,5 pontos e Jonathas Magalhães 5,5 pontos. Também tivemos a participação de outros nomes notáveis do xadrez do interior, dentre eles Lúcio Flávio, o professor Luziano e o Sérgio Roberto (todos da APAX). Também outros nomes da capital, dentre eles o José Ferreira (Ferreirinha) e o Gelson Diniz. Para maiores detalhes, os dados do evento podem ser encontrados em: http://chess-results.com/tnr345735.aspx?lan=1

Em entrevista ao fim do torneio, o jovem Alexsandro destacou como partida decisiva aquela que jogou contra o vice-campeão, o baiano Mário Fiães. Alexsandro conduzia as pretas e jogou uma Benoni Antiga que se transpôs num Contragambito Blumenfeld. Felizmente, conseguimos reproduzir a partida e, para o deleite dos leitores desse blog, ela segue abaixo com breves comentários.
 [Round "7"; Brancas: Mario Fiãns e Pretas: Alexsandro Lima] [Resultado 0-1]
1. d4 c5 2. d5 e6 3. c4 b5 4. dxe6 fxe6 5. cxb5 d5 6. Cf3 (a teoria recomenda e4) Cf6 7. g3 Bd6 8. Bg2 O-O 9. O-O Cbd7 10. e3 Bb7 11. b3 De7 12. Bb2 Tad8 13. Cc3 e5 14. Ca4 e4 15. Cd2 Ce5 16. Ba3? (a vulnerabilidade da casa d3 pedia a captura Bxe5) d4 17. exd4 cxd4 18. Bxd6 Dxd6 19. Te1 Cd3 [era mais forte 19.. Cfg4! convidando à captura do peão de e4 pois se (a) 20. Bxe4 Dh6 é decisivo. Por exemplo 21. h4 Cxf2 22. De2 Cxe4 23. Cxe4 d3!. Ou então, se (b) 20. Cxe4 Bxe4 21. Txe4 Cxf2] 20. Tf1 De5 21. Cc4 Dg5 (melhor era Dxb5 recuperando o peão com grande vantagem posicional) 22. Ca5 Ba8 23. Cc6 Td7 24. Bxe4 Cxe4 25. Dxd3 Dd5 26. f3 Cg5 27. Rg2 Tdf7 (ver diagrama da posição decisiva)



28. Tae1? [Um erro! Era preciso Dc4. O arremate  agora é belíssimo] Bxc6 29. bxc6 Cxf3 30. Txf3 (Se 30. Td1, há mate em dois. Um bom exercício) Txf3 31. De4 Tf2+ 32. Rg1 Tf1+ 33. Rg2 T8f2+ 34. Rh3 Dh5+ 35. Dh4 Dxh4+ 36. Rxh4 Txe1  (0-1)
Como todo torneio que se preze tem belas histórias nos bastidores, para finalizar esse artigo, aqui vai uma delas. Nos bate-papos da viagem de ida, o pai do campeão, Sr. Sandro Ferreira, lembrou uma frase pretérita que sempre o inspirou e que ensinou ao seu filho: “A gente tem que chegar nos ambientes como um gatinho e sair como um leão”.

Alguém tem dúvidas de que o Alexsandro aprendeu direitinho a lição?

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Ornan vence II Torneio Caxa Blitz 2018

Retornando as atividades do xadrez blitz o CAXA realizou neste dia 23 de março o II Torneio Blitz 2018.

O evento contou com enxadristas já conhecidos dos tabuleiros como Ornan Fililpe, aspirante a Mestre LBX, Josivaldo José, Vice-Campeão do Circuito Blitz 2017 e Weverton Nathan, Vice-Campeão dos Jogos Escolares Alagoano 2017 e Vice-Campeão Regional Nordeste.

 
No centro da foto Ornam de Preto, Natan de Azul e Josivaldo de listras com seu filho Miguel.   

E o resultado do torneio foi justamente este, Ornan em primeiro, Josivaldo em segundo e Nathan em terceiro.

 O evento foi comandado por Leonel Dehon na arbitragem e contou também com o retorno de Aderlan Pontes aos tabuleiros, jogador tradicional do município qualificando ainda mais o nível dos torneios.
                                                                   


Participaram também do torneio Jemerson,  Rudney Soares, Neymauro e Júnior Araujo, Presidente do CAXA 

                                                             

                                         






                              
                                      Presença filho de Josivaldo José o Miguel me ensinado umas variantes novas.




domingo, 25 de março de 2018

Clécio Fernando é Vice-Campeão na I Etapa do Circuito de Xadrez Escolar Alagoano 2018

Estudantes de Arapiraca marcam forte presença no circuito alagoano de xadrez escolar

Clécio Fernando,
Vice-Campeão Sub 14
da I Etapa
Os estudantes Clécio Fernando, David Assis, Mariana Euridice, e Maria Ariane, participaram da I Etapa do Circuito Escolar Alagoano 2018.  Os jovens enxadristas foram coordenador pelo Professor Júnior Araujo, do Clube Arapiraquense de Xadrez e marcaram presença para Arapiraca nas categorias Sub 18, Sub 14 Masculino e Sub 12 Feminino.

O enxadrista Clécio Fernando conquistou o Segundo Lugar da categoria e segue sendo uma das revelações entre os jovens jogadores.  Lembrando que o circuito está programado em quatro etapas e o Campeão do Circuito será aquele que acumular maior pontuação ao decorrer do ano.


Esta primeira etapa ocorreu no Colégio Saint German em Maceió e foi organizado pela Federação Alagoana de Xadrez. Entre os cerca de 100 alunos que participaram do evento quatro foram de Arapiraca e tiveram uma possibilidade ímpar de participar de maneira sistematizada da etapa do circuito.



A segundo etapa será em Arapiraca no Colégio Monteiro Lobato, em 05 de Maio e os jogadores Arapiraquenses após muito tempo terão pela a oportunidade de participar de uma etapa do Circuito Escolar, encarando enxadristas da capital alagoana e do interior está sendo organizado pelo CAXA tendo como Comissão o Professor Alciro Aciole, Júnior Araujo e Josivaldo José.

terça-feira, 20 de março de 2018

Alexsandro Barros obteve uma excelente performance Geral, sendo campeão sub-18 no Aberto do Brasil - IX Memorial Bobby Fischer - 2018

Alexsandro Barros em ascensão: Com Apenas 17 anos, Arapiraquense Disputa Importante Título encarando Mestres Internacionais


Nos dias  16, 17 e 18 de Março 2018, ocorreu o Aberto do Brasil - IX Memorial Bobby Fischer em João Pessoa - PB, competição organizada pela Federação Paraibana de Xadrez, que contou com a presença de 118 enxadristas de vários lugares do Brasil e alguns representantes internacionais, como o GM Paraguaio Ramirez Neuris Delgado (2613 rating), além de um Mestre Português e um norte-americano. Não poderíamos deixar de destacar a presença do GM Brasileiro Darçy Lima (2539 de rating), e mais 20 jogadores nomeados com algum título importante no cenário enxadrístico dentre eles o MI Luís Paulo Supi (2557), estes enxadristas  enfrentaram-se em 6 rodadas durante a competição na modalidade Clássica sendo ritmo de 2 horas K.O. ou 1 hora e 30 min mais 30 segundos de acréscimo por lance.   

O Arapiraquense Alexsandro Barros, venceu as duas primeiras rodadas com tranquilidade, mas a partir da 3ª rodada em diante, só pegou pedreiras pela frente, mas esse garoto tem muita personalidade e encarou de igual pra igual o fortíssimo MF cearense Silvio Cunha Pereira (2284) e conseguiu um empate jogando de negras, resultado excelente. Na 4ª rodada venceu um Mestre Nacional o paraibano Evandro Rodrigues da Silva (2148). Na 5ª rodada venceu outro talentoso enxadrista paraibano Marcelo de Albuquerque Urquiza obtendo sua 4ª vitória num total de 4,5 pontos em 5 disputados. 

Uma Performance excepcional até o momento, faltava apenas a última rodada e neste momento destacamos que esse jovem de 17 anos estava na 5ª colocação empatado em pontos com os 4 jogadores à sua frente, ou seja, entrou na 6ª e última rodada com chances claras de ganhar o título  principal do torneio.  





Na 6ª rodada enfrentou outro monstro paraibano o MF Francisco de Assis Cavalcante conhecido como "Chiquinho", e a imagem abaixo fala por si só como foi dramática e lutada até o ultimo movimento: 



Após 3 horas e 23 min de duração, Alexsandro perdeu a partida, que o fez ficar na 11ª colocação no geral  entre 118 mentes lutando nos tabuleiros para decidir quem seria o campeão. Alex ainda recebeu o prêmio de melhor SUB-18 da competição trazendo mais um título para sua coleção.  

E após o empate entre os 02 GMs do torneio na mesa 1 o campeão do Torneio acabou sendo MI paulista Luís Paulo Supi,
                                             
                                              Classificação final após a 6 rodada 













Tiramos esse momento para enaltecer esse jovem talentosíssimo enxadrista arapiraquense Alexsandro Barros de Lima que brilhou, obteve um excelente resultado e foi sem dúvida alguma um dos maiores destaques deste torneio, um menino ainda com 17 anos que fez mestres tremerem na base.  MNs, MI, MFs e até os GMs presentes viram o seu potencial, fez a torcida de Arapiraca e amigos de outras regiões vibrar, a cada rodada seu Técnico/pai Sandro Ferreira de Lima viu seu garoto voar nos tabuleiros se emocionar e o prazer de ser um pai presente incentivador e amigo, nosso parabéns pra você Sandro. E nosso agradecimento ao Mestre Jayme Miranda sempre nos atualizando calculando as possibilidades, perfil dos adversários, comentários de enxadristas que estavam lá, como o do Tri- Campeão baiano Luciano Zalio disse: "O garoto está jogando MUITO!!! ", fazia-nos quase que adentrar no evento e sentir essa energia positiva.  Com tudo isso Parabenizamos você Alex Barros ou seria cedo pra Chamar de Mestre Alex ,  PARABÉNS !! estamos todos orgulhosos  e que venha os próximos torneios !! 



segunda-feira, 19 de março de 2018

Penedo retoma atividades enxadrísticas e Caxa contribui pra realização do evento e conquista troféu e medalhas

Parte dos Enxadristas que participaram deste evento
Neste domingo, dia 18 de março, uma delegação do Clube Arapiraquense de Xadrez participou do Campeonato Absoluto Penedense Rápido, organizado pelo MEP - Movimento Enxadrístico Penedense, contando com Neilson Cruz e os jogadores de Penedo na organização.

O evento representa o retorno oficial de Penedo aos círculos alagoanos de xadrez e já contou com 18 enxadristas, de Penedo, Arapiraca, Propriá e Aracajú e teve a arbitragem comandada por Rudney, jovem enxadrista e árbitro Arapiraquense, membro do CAXA. 

No torneio participaram grandes enxadristas de Alagoas, como o Campeão Absoluto 2008 e Campeão Blitz 2018, Jonathas Magalhaães, assim como de Sergipe, que é o caso de  e Jardson de Própria. O evento contou com o apoio da FEXEAL para realização do emparceiramento, arbitragem, através de Jayme Miranda.

Com este elenco já conhecido em todo o Nordeste brasileiro, desta vez quem levou a melhor Josivaldo José, conquistando o primeiro lugar, seguido de Leonel Dehon em segundo, ambos a frente do forte jogador e Campeão Blitz 2018, terceiro Jonathas Magalhães, mostrando a elevação do nível do xadrez de Arapiraca e uma certa equiparação entre si em partidas mais rápidas.

O Campeão Penedense foi Neilson Cruz, grande enxadrista do estado alagoano, e que há menos de uma semana conseguiu subir mais de 100 pontos de rating no Campeonato Alagoano Blitz, um desempenho excelente e que reforça a necessidade da inclusão de Penedo no Circuito Alagoano de Xadrez. Logo após Neilson, Alexandre vem em segundo lugar e seguido de Savio em terceiro, todos jogadores muito promissores e que tem uma grande contribuição para o futuro do nosso xadrez.

Durante o intervalo e  após o final do torneio os jogadores aproveitaram um momento cultural, tocando violão e cantando diversas músicas, na qual temos o registro do campeão do torneio com o instrumento.


Josivaldo José recebendo troféu de Campeão do Torneio

De laranja, Leonel Dehon, segundo lugar do Torneio



Neilson Cruz recebendo troféu de Campeão Penedense
de Eladio (de azul) e Rudney (de vermelho)

Josivaldo José tocando após o torneio









Enxadristas do MEP

quinta-feira, 15 de março de 2018

DOBRADINHA CAXA NO CAMPEONATO ABSOLUTO ALAGOANO BLITZ 2018

Arapiraquenses conquistam uma dobradinha de CAMPEÃO E VICE-CAMPEÃO e mais 4 medalhas na Competição Estadual. 

Neste domingo, 11 de março de 2018, 13 enxadristas do município participaram do Campeonato de Xadrez Blitz em Palmeira dos Índios valendo o Título de Campeão Alagoano na Modalidade Blitz, 3 min+2 s de acréscimo ou 5 min K.O. O evento faz parte do calendário da FEXEAL e foi organizado pela APAX.

Foi um torneio muito forte, onde participaram alguns dos melhores enxadristas do estado, vieram de  Maceió, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, Penedo e o destaque foi para Arapiraca que conseguiu uma dobradinha, sendo o Campeão Jonathas Magalhães com 9,5 pontos e o Vice Campeão Alexsandro Barros com 9 pontos em 11 possíveis. 

Destaque também Weverton Natan que ficou na 5ª colocação e para a geração mais nova que não ficou por baixo trazendo para Arapiraca a premiação de melhor Sub -12 Mariane Euridice,  Melhor Sub-14 Clécio Fernando e o melhor Sub-16 David Barbosa, estes garotos sempre estão se destacando nos torneios de olho neles !! 

Demais medalhistas foram os Maceioenses:  3º lugar Gilberto Ferreira, 4º lugar Jayme Miranda, 6º Lugar João Paulo no Melhor Feminino a Maceioense Gabriela Nicácio. E melhor Sub 18 foi o Palmerense Victor Souza.