quinta-feira, 9 de agosto de 2018

CAXA conclui primeiras Etapas do Circuito 2018 com Participação de Palmeira dos Índios, Penedo e Propria

O Clube Arapiraquense de Xadrez iniciou o mês de Agosto em grande estilo, realizando as etapas dos Circuitos Rápido e Blitz e o Primeiro Torneio Escolar do Colégio Cristo Redentor

O Xadrez Arapiraquense começou agosto em todo vapor, além dos grandes feitos do grande Enxadrista Alexsandro Barros que representou magistralmente o xadrez alagoano além das nossas fronteira e logicamente contará com matéria específica, enxadristas experientes e iniciantes abrilhantaram o xadrez na Princesa do Agreste nesta semana.

Parabéns aos Campeões que já mostraram que vieram para disputar o circuito este ano e a todos que movimentam o xadrez em nosso Estado e importante deixar registrado nosso muito obrigado ao Vice-Presidente do Clube Josivaldo José que foi responsável pela organização dos dois circuitos. 
Sem maio delongas vamos às Etapas. 

AS PRIMEIRAS ETAPAS DOS CIRCUITOS RÁPIDO E BLITZ

As primeiras etapas dos Circuitos contaram com a presença de enxadristas de Arapiraca, Palmeira dos Índios e Penedo, contendo em sua primeira etapa o Campeão Absoluto Alagoano 2008, Vice-Campeão Alagoano 2017 e Bicampeão Absoluto Arapiraquense, Campeão Absoluto de Palmeira dos Índios e Campeão Absoluto de Penedo e Propriá, no circuito Rápido. O evento foi conduzido pelo Arbitro Rudney.

A Primeira etapa de Torneio Rápido ocorreu no Espetinho do Júnior, estabelecimento de Júnior Mota, enxadrista Arapiraquense dos tempos da Banca do Argentino e que tem sua história envolvida com o esporte. Quem quiser jogar xadrez, escutar boa música, além de fazer um lanche ou refeição tem uma excelente opção em Arapiraca. E vale a pena ainda conferir o painel com recortes de jornais e fotos que nos trazem um panorama dos acontecimentos históricos que com certeza vai nos fazer lembrar de algum momento chave, inclusive para o xadrez.
Este torneio marcou também o retorno de Júnior Mota aos tabuleiros e contou com os amigos de outros municípios que fazem muito pelo xadrez no interior de Alagoas. Depois de muitas disputas a classificação final ficou com Jonathas Magalhães em primeiro, Lúcio Flávio em segundo e Josivaldo José em terceiro.
O Circuito Blitz ocorreu no dia 09, na Uneal, na Lanchonete do Alemão, já point para o xadrez, onde há cerca de dois anos ocorreram com regularidade os encontros dos enxadristas Arapiraquense. Neste torneio encontraram-se enxadristas experientes e mais jovens, como o caso do estudante Attyla, educando do Professor Alciro, que vem fazendo um excelente trabalho com os discentes do Monteiro Lobato.
Depois de muita disputa e de finalizar com três empates nas rodadas 4 e 5, o torneio teve o resultado de 4 pontos para os enxadristas Nathan, Cristiano e Ney Mauro. De acordo com os critérios de desempate inicialmente escolhidos Cristiano e Nathan ocuparam o primeiro lugar. Desta forma, para decidir o torneio foi realizada uma partida Armagedom entre os dois enxadristas, que vocês podem acompanhar no vídeo abaixo.

Ao final do torneio a classificação final foi Cristiano Campeão, Nathan Vice-Campeão, Ney Mauro em terceiro lugar. Lembrando que tanto esta etapa quanto a outra terão os pontos somados com as três seguintes para decidir o campeão de 2018, então ainda dá tempo para mais enxadristas participarem. Participem também.


ASSISTA UM TRECHO DO PLAYOFF que definiu o campeão do Torneio

Mais Fotos do Torneio Blitz

CAXA Conduz Primeiro Torneio do Cristo Redentor: João dos Santos faz excelente torneio e é o Primeiro Campeão da Modalidade

Dia de muito xadrez em Arapiraca, neste dia 09 de agosto acontece  Primeiro Torneio Rápido do Colégio Cristo Redentor valendo Rating LBX.

João dos Santos, Campeão no Centro, João
Albuquerque à Direta, Vice-Campeão e
Davi Asafe a Esquerda, em terceiro
O torneio fez parte dos jogos escolares do Colégio e contou com o expressivo número de dezessete jogadores. O idealizador do evento foi o Professor Caique, que além da formação acadêmica leva no curriculum também  a participação no movimento estudantil e em eventos como Varal de Poesia e Jogos Universitários/Escolares. O torneio de xadrez foi conduzido pela equipe do Clube Arapiraquense de Xadrez - CAXA, estando presentes Júnior, Presidente do Clube, Professor Alciro e Weverton Nathan, valendo Rating LBX, e os enxadristas poderão acompanhar a evolução do seu nível na rede Social do Talsker. 


Realizado na modalidade rápido o torneio foi 12 minutos K.O. e contou com muita apreensão dos estudantes que participaram pela primeira vez de um torneio presencial, muitos deles afirmaram que já haviam jogado em torneios pela internet. Mesmo sendo algo novo para os discentes, a cada partida podia ser vista a expectativa dos jovens atletas. Já na últiam rodada quatro enxadristas tinham a oportunidade de vencer o torneio, o que mostra estarem em um nível bem acirrado entre eles.

Partida Decisiva entre Campeão e
Vice-Campeão
Após as cinco rodadas o Campeão foi João dos Santos, vencendo João Albuquerque que vinha fazendo um excelente torneio, alcançando também os quatro pontos. Davi Asafe ficou em terceiro lugar, também com quatro pontos. João dos Santos, o campeão do Torneio venceu os outros dois (2ºe 3º) em  confronto direto, por isso garantiu o título. Merecem destaques outros jogadores que fizeram um bom torneio, mas terminaram empatando partidas devido a finalização (xeque-mate), e tempo, visto não estarem habiatuados ao relógio, mas de maneira geral, podemos ver que tem uma trilha promissora no esporte.
Primeiro Lugar Feminino x Terceiro Masculino

No feminino a classificação foi Helouise Pondé em primeiro (nona geral), Anne Gabriele, (13ª) e Lorena Correia (14ª). Registre-se também que Myllena Barbosa que estava fazendo um bom torneio nas primeiras mesas se ausentou para outra atividade.

Nossos Parabéns aos Campeões e ao Colégio Cristo Redentor por incentivar o xadrez entre os estudantes!


Mais fotos do evento




















terça-feira, 15 de maio de 2018

Xadrez Alagoano Faz Bonito em Sergipe

Matéria escrita por Ornan Filipe, exímio enxadrista  e participante da delegação alagoana, do Campeão do Torneio, o Arapiraquense Alexsandro Barros e do Maceioense Jayme Miranda, terceiro.

Ao Centro o Jovem Alexsandro Barros, campeão do evento, a esqueda (do leitor) o baiano Mário Fiães, a direita (do leitor) Jayme Miranda, terceiro lugar. 

A equipe alagoana de xadrez que esteve presente no sábado, dia 12 de maio de 2018, na capital sergipana, para jogar o II Memorial Professor Mário Roberto, fez bonito. Dos dez primeiros colocados no torneio, nada menos do que cinco enxadristas eram de clubes de xadrez alagoanos, incluindo aí o grande campeão, o arapiraquense Alexsandro Barros de Lima, e o terceiro colocado, o maceioense CM Jayme Miranda.

Destaque especial merece o Clube Arapiraquense de Xadrez (CAXA) que mandou um trio de atletas (Alexsando, Jonathas e Ornan), estando esses três exatamente entre os cinco citados anteriormente, com destaque, como já dito, ao campeão do torneio, o mestre LBX Alexsandro Lima. Também, nas 6ª e 7ª colocações, respectivamente, os enxadristas Ornan Filipe e Jonathas Magalhães. Esse belo resultado, em terras não alagoanas mostra que o CAXA é, de fato, um importante representante e incentivador do xadrez no interior de nosso Estado e grande referencial do xadrez alagoano. Fica aqui, portanto, o nosso grande apreço por todos os que formam essa verdadeira família.



O evento (aberto) contou com a participação de 66 enxadristas de diversos estados do país, sendo disputado no ritmo rápido (10’+5’’) e em oito rodadas. Foi arbitrado pelo AN CBX Carlos Viana, que conduziu com bastante equilíbrio e parcimônia o evento, cumprindo os horários previstos na programação. O jovem mestre Alexsandro venceu brilhantemente o torneio, de modo invicto (foi o único invicto), com 7,0 pontos nos oito possíveis. A pontuação dos demais representantes de Alagoas foram CM Jayme Miranda 6,5 pontos, Ornan Filipe 6,0 pontos, José Ferreira 5,5 pontos e Jonathas Magalhães 5,5 pontos. Também tivemos a participação de outros nomes notáveis do xadrez do interior, dentre eles Lúcio Flávio, o professor Luziano e o Sérgio Roberto (todos da APAX). Também outros nomes da capital, dentre eles o José Ferreira (Ferreirinha) e o Gelson Diniz. Para maiores detalhes, os dados do evento podem ser encontrados em: http://chess-results.com/tnr345735.aspx?lan=1

Em entrevista ao fim do torneio, o jovem Alexsandro destacou como partida decisiva aquela que jogou contra o vice-campeão, o baiano Mário Fiães. Alexsandro conduzia as pretas e jogou uma Benoni Antiga que se transpôs num Contragambito Blumenfeld. Felizmente, conseguimos reproduzir a partida e, para o deleite dos leitores desse blog, ela segue abaixo com breves comentários.
 [Round "7"; Brancas: Mario Fiãns e Pretas: Alexsandro Lima] [Resultado 0-1]
1. d4 c5 2. d5 e6 3. c4 b5 4. dxe6 fxe6 5. cxb5 d5 6. Cf3 (a teoria recomenda e4) Cf6 7. g3 Bd6 8. Bg2 O-O 9. O-O Cbd7 10. e3 Bb7 11. b3 De7 12. Bb2 Tad8 13. Cc3 e5 14. Ca4 e4 15. Cd2 Ce5 16. Ba3? (a vulnerabilidade da casa d3 pedia a captura Bxe5) d4 17. exd4 cxd4 18. Bxd6 Dxd6 19. Te1 Cd3 [era mais forte 19.. Cfg4! convidando à captura do peão de e4 pois se (a) 20. Bxe4 Dh6 é decisivo. Por exemplo 21. h4 Cxf2 22. De2 Cxe4 23. Cxe4 d3!. Ou então, se (b) 20. Cxe4 Bxe4 21. Txe4 Cxf2] 20. Tf1 De5 21. Cc4 Dg5 (melhor era Dxb5 recuperando o peão com grande vantagem posicional) 22. Ca5 Ba8 23. Cc6 Td7 24. Bxe4 Cxe4 25. Dxd3 Dd5 26. f3 Cg5 27. Rg2 Tdf7 (ver diagrama da posição decisiva)



28. Tae1? [Um erro! Era preciso Dc4. O arremate  agora é belíssimo] Bxc6 29. bxc6 Cxf3 30. Txf3 (Se 30. Td1, há mate em dois. Um bom exercício) Txf3 31. De4 Tf2+ 32. Rg1 Tf1+ 33. Rg2 T8f2+ 34. Rh3 Dh5+ 35. Dh4 Dxh4+ 36. Rxh4 Txe1  (0-1)
Como todo torneio que se preze tem belas histórias nos bastidores, para finalizar esse artigo, aqui vai uma delas. Nos bate-papos da viagem de ida, o pai do campeão, Sr. Sandro Ferreira, lembrou uma frase pretérita que sempre o inspirou e que ensinou ao seu filho: “A gente tem que chegar nos ambientes como um gatinho e sair como um leão”.

Alguém tem dúvidas de que o Alexsandro aprendeu direitinho a lição?

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Ornan vence II Torneio Caxa Blitz 2018

Retornando as atividades do xadrez blitz o CAXA realizou neste dia 23 de março o II Torneio Blitz 2018.

O evento contou com enxadristas já conhecidos dos tabuleiros como Ornan Fililpe, aspirante a Mestre LBX, Josivaldo José, Vice-Campeão do Circuito Blitz 2017 e Weverton Nathan, Vice-Campeão dos Jogos Escolares Alagoano 2017 e Vice-Campeão Regional Nordeste.

 
No centro da foto Ornam de Preto, Natan de Azul e Josivaldo de listras com seu filho Miguel.   

E o resultado do torneio foi justamente este, Ornan em primeiro, Josivaldo em segundo e Nathan em terceiro.

 O evento foi comandado por Leonel Dehon na arbitragem e contou também com o retorno de Aderlan Pontes aos tabuleiros, jogador tradicional do município qualificando ainda mais o nível dos torneios.
                                                                   


Participaram também do torneio Jemerson,  Rudney Soares, Neymauro e Júnior Araujo, Presidente do CAXA 

                                                             

                                         






                              
                                      Presença filho de Josivaldo José o Miguel me ensinado umas variantes novas.




domingo, 25 de março de 2018

Clécio Fernando é Vice-Campeão na I Etapa do Circuito de Xadrez Escolar Alagoano 2018

Estudantes de Arapiraca marcam forte presença no circuito alagoano de xadrez escolar

Clécio Fernando,
Vice-Campeão Sub 14
da I Etapa
Os estudantes Clécio Fernando, David Assis, Mariana Euridice, e Maria Ariane, participaram da I Etapa do Circuito Escolar Alagoano 2018.  Os jovens enxadristas foram coordenador pelo Professor Júnior Araujo, do Clube Arapiraquense de Xadrez e marcaram presença para Arapiraca nas categorias Sub 18, Sub 14 Masculino e Sub 12 Feminino.

O enxadrista Clécio Fernando conquistou o Segundo Lugar da categoria e segue sendo uma das revelações entre os jovens jogadores.  Lembrando que o circuito está programado em quatro etapas e o Campeão do Circuito será aquele que acumular maior pontuação ao decorrer do ano.


Esta primeira etapa ocorreu no Colégio Saint German em Maceió e foi organizado pela Federação Alagoana de Xadrez. Entre os cerca de 100 alunos que participaram do evento quatro foram de Arapiraca e tiveram uma possibilidade ímpar de participar de maneira sistematizada da etapa do circuito.



A segundo etapa será em Arapiraca no Colégio Monteiro Lobato, em 05 de Maio e os jogadores Arapiraquenses após muito tempo terão pela a oportunidade de participar de uma etapa do Circuito Escolar, encarando enxadristas da capital alagoana e do interior está sendo organizado pelo CAXA tendo como Comissão o Professor Alciro Aciole, Júnior Araujo e Josivaldo José.

terça-feira, 20 de março de 2018

Alexsandro Barros obteve uma excelente performance Geral, sendo campeão sub-18 no Aberto do Brasil - IX Memorial Bobby Fischer - 2018

Alexsandro Barros em ascensão: Com Apenas 17 anos, Arapiraquense Disputa Importante Título encarando Mestres Internacionais


Nos dias  16, 17 e 18 de Março 2018, ocorreu o Aberto do Brasil - IX Memorial Bobby Fischer em João Pessoa - PB, competição organizada pela Federação Paraibana de Xadrez, que contou com a presença de 118 enxadristas de vários lugares do Brasil e alguns representantes internacionais, como o GM Paraguaio Ramirez Neuris Delgado (2613 rating), além de um Mestre Português e um norte-americano. Não poderíamos deixar de destacar a presença do GM Brasileiro Darçy Lima (2539 de rating), e mais 20 jogadores nomeados com algum título importante no cenário enxadrístico dentre eles o MI Luís Paulo Supi (2557), estes enxadristas  enfrentaram-se em 6 rodadas durante a competição na modalidade Clássica sendo ritmo de 2 horas K.O. ou 1 hora e 30 min mais 30 segundos de acréscimo por lance.   

O Arapiraquense Alexsandro Barros, venceu as duas primeiras rodadas com tranquilidade, mas a partir da 3ª rodada em diante, só pegou pedreiras pela frente, mas esse garoto tem muita personalidade e encarou de igual pra igual o fortíssimo MF cearense Silvio Cunha Pereira (2284) e conseguiu um empate jogando de negras, resultado excelente. Na 4ª rodada venceu um Mestre Nacional o paraibano Evandro Rodrigues da Silva (2148). Na 5ª rodada venceu outro talentoso enxadrista paraibano Marcelo de Albuquerque Urquiza obtendo sua 4ª vitória num total de 4,5 pontos em 5 disputados. 

Uma Performance excepcional até o momento, faltava apenas a última rodada e neste momento destacamos que esse jovem de 17 anos estava na 5ª colocação empatado em pontos com os 4 jogadores à sua frente, ou seja, entrou na 6ª e última rodada com chances claras de ganhar o título  principal do torneio.  





Na 6ª rodada enfrentou outro monstro paraibano o MF Francisco de Assis Cavalcante conhecido como "Chiquinho", e a imagem abaixo fala por si só como foi dramática e lutada até o ultimo movimento: 



Após 3 horas e 23 min de duração, Alexsandro perdeu a partida, que o fez ficar na 11ª colocação no geral  entre 118 mentes lutando nos tabuleiros para decidir quem seria o campeão. Alex ainda recebeu o prêmio de melhor SUB-18 da competição trazendo mais um título para sua coleção.  

E após o empate entre os 02 GMs do torneio na mesa 1 o campeão do Torneio acabou sendo MI paulista Luís Paulo Supi,
                                             
                                              Classificação final após a 6 rodada 













Tiramos esse momento para enaltecer esse jovem talentosíssimo enxadrista arapiraquense Alexsandro Barros de Lima que brilhou, obteve um excelente resultado e foi sem dúvida alguma um dos maiores destaques deste torneio, um menino ainda com 17 anos que fez mestres tremerem na base.  MNs, MI, MFs e até os GMs presentes viram o seu potencial, fez a torcida de Arapiraca e amigos de outras regiões vibrar, a cada rodada seu Técnico/pai Sandro Ferreira de Lima viu seu garoto voar nos tabuleiros se emocionar e o prazer de ser um pai presente incentivador e amigo, nosso parabéns pra você Sandro. E nosso agradecimento ao Mestre Jayme Miranda sempre nos atualizando calculando as possibilidades, perfil dos adversários, comentários de enxadristas que estavam lá, como o do Tri- Campeão baiano Luciano Zalio disse: "O garoto está jogando MUITO!!! ", fazia-nos quase que adentrar no evento e sentir essa energia positiva.  Com tudo isso Parabenizamos você Alex Barros ou seria cedo pra Chamar de Mestre Alex ,  PARABÉNS !! estamos todos orgulhosos  e que venha os próximos torneios !! 



segunda-feira, 19 de março de 2018

Penedo retoma atividades enxadrísticas e Caxa contribui pra realização do evento e conquista troféu e medalhas

Parte dos Enxadristas que participaram deste evento
Neste domingo, dia 18 de março, uma delegação do Clube Arapiraquense de Xadrez participou do Campeonato Absoluto Penedense Rápido, organizado pelo MEP - Movimento Enxadrístico Penedense, contando com Neilson Cruz e os jogadores de Penedo na organização.

O evento representa o retorno oficial de Penedo aos círculos alagoanos de xadrez e já contou com 18 enxadristas, de Penedo, Arapiraca, Propriá e Aracajú e teve a arbitragem comandada por Rudney, jovem enxadrista e árbitro Arapiraquense, membro do CAXA. 

No torneio participaram grandes enxadristas de Alagoas, como o Campeão Absoluto 2008 e Campeão Blitz 2018, Jonathas Magalhaães, assim como de Sergipe, que é o caso de  e Jardson de Própria. O evento contou com o apoio da FEXEAL para realização do emparceiramento, arbitragem, através de Jayme Miranda.

Com este elenco já conhecido em todo o Nordeste brasileiro, desta vez quem levou a melhor Josivaldo José, conquistando o primeiro lugar, seguido de Leonel Dehon em segundo, ambos a frente do forte jogador e Campeão Blitz 2018, terceiro Jonathas Magalhães, mostrando a elevação do nível do xadrez de Arapiraca e uma certa equiparação entre si em partidas mais rápidas.

O Campeão Penedense foi Neilson Cruz, grande enxadrista do estado alagoano, e que há menos de uma semana conseguiu subir mais de 100 pontos de rating no Campeonato Alagoano Blitz, um desempenho excelente e que reforça a necessidade da inclusão de Penedo no Circuito Alagoano de Xadrez. Logo após Neilson, Alexandre vem em segundo lugar e seguido de Savio em terceiro, todos jogadores muito promissores e que tem uma grande contribuição para o futuro do nosso xadrez.

Durante o intervalo e  após o final do torneio os jogadores aproveitaram um momento cultural, tocando violão e cantando diversas músicas, na qual temos o registro do campeão do torneio com o instrumento.


Josivaldo José recebendo troféu de Campeão do Torneio

De laranja, Leonel Dehon, segundo lugar do Torneio



Neilson Cruz recebendo troféu de Campeão Penedense
de Eladio (de azul) e Rudney (de vermelho)

Josivaldo José tocando após o torneio









Enxadristas do MEP